NOTÍCIAS
 
 
03/05 Terça-Feira Evento anterior: ! Evento anterior: !
 
 
Em sua quarta edição, a mostra Tiradentes em Cena estreia a 1°Cena de Dança
 
 

São quatro espetáculos, nacionais e internacionais 

“A chamada ‘dança contemporânea’ parece ser quase toda ela uma zona de fronteira onde frequentemente é a presença do corpo, é o fato do corpo, mais do que do movimento, o passaporte para o trânsito entre regimes expressivos. Daí que a cena possa acolher (problemática, mas generosamente) aquilo a que nos referimos como performance, teatro físico, teatro coreográfico, teatro-dança, live art, balé contemporâneo etc.” Paulo Caldas

Num momento em que as diferenças estão sendo interpretadas mais como obstáculos intransponíveis do que como um sinal de riqueza e diversidade, a 1°Cena de Dança do Tiradentes em Cena vêm com a proposta de provocar encontros e expandir as possibilidades de diálogo com o público. Uma programação vibrante e heterogênea traz a efervescência de criadores de diferentes gerações, perfis e nacionalidades, expondo a pluralidade de suas obras.

Compartilhando do pensamento de Paulo Caldas, a programação instiga reflexões sobre o amplo cenário que vêm sendo desenhado pelos artistas das artes performáticas, por intermédio de trabalhos que trafegam entre a sutileza e o escárnio, o lirismo e o deboche, com abordagens bastante instigantes sobre temas que nos tocam e nos aproximam.

Essa diversidade se estende ainda aos locais de apresentação, os quais extrapolam as paredes do teatro tradicional.

Espetáculos:

DIA 6, ÀS 22H – SOBRADO AYMORÉS

Hell (São Paulo) ou o Incrível duelo entre Elle Driver e Ed Boy

ou Por um pouco de brilho e euforia

ou Seu dinheiro de volta

“Quando as palavras não servem mais como mediação, resta o embate... de corpos.” Um ringue – um tabuleiro – um espetáculo – brilho, som e fúria – uma luta – vencer a qualquer custo e às custas de qualquer um – Hell inaugura a parceria entre os artistas Edson Calheiros e Elenita Queiroz e surge do entrecruzamento de dois universos coexistentes: o contexto social, cultural e econômico do final do século XX e as inferências que emergem da memória afetiva dos artistas cocriadores em relação à esse período. Assistindo a capacidade cada vez mais frustrada de comunicação verbal como caminho para as discordâncias, Hell se inspira nas palavras desbunde, apocalipse, glamourização e artificialização para trazer à tona um universo repleto de euforia e contradições. Enquanto uns se recolhem ao silêncio, outros se utilizam do berro como estratégia de subjugação. Assim, a investigação coreodramatúrgica vai ao encontro de problemáticas e desassossegos cotidianos, e encontra reverberações principalmente no que se refere às questões de poder e gênero. A estrutura da obra tem como base a instauração de uma zona coreográfica ativada pelos dançarinos (os jogadores) que, atravessados por referências de épocas distintas (anos 80 e 2000), instauram suas ações enquanto extensão comportamental de desdobramentos que ecoam na contemporaneidade.

Concepção, criação e performance: Elenita Queiroz e Edson Calheiros – Hell’s Dance Corporation

Dramaturga convidada: Cíntia Alves

Preparação de Tele-catch: Pedro Mucholloco

Produção: Valmiro Júnior

Duração: 50 minutos

Classificação indicativa: 18 anos

 

DIA 8, ÀS 20H – TEATRO SESI – CENTRO CULTURAL YVES ALVES

Entangling

Wendy Jehlen (EUA) e Lacina Coulibaly (Burkina Faso)

Entangling tem como ponto de partida o entrelaçamento quântico, fenômeno onde dois átomos fisicamente separados no espaço e no tempo tornam-se um só. Inspirada pelo trabalho da física norte-americana Lisa Randall, a estrutura do espetáculo é manifestada por movimentos intermitentemente fugazes e profundos, antes de retroceder à invisibilidade próxima. Como metáfora à sensação do sentir-se entrelaçado com pessoas de todo o mundo, o trabalho expressa a realidade subjacente de que todos estamos inextricavelmente conectados uns aos outros.

Concepção e coreografia: Wendy Jehlen e Lacina Coulibaly

Dança: Wendy Jehlen e Lacina Coulibaly

Produção Local: Valmiro Júnior – Jogo de Bola Produções

Duração: 55 minutos

Classificação Indicativa: 10 anos

 

DIA 13, ÀS 20H – TEATRO SESI – CENTRO CULTURAL YVES ALVES

Adeus Corpo Gentil, Morada do Meu Desejo / Cia. Danças Claudia de Souza (São Paulo)

O espetáculo surge através da revisitação do espetáculo “Corpo: Desejo e Consumo”, desenvolvido pela companhia em dezembro de 1999, a convite do Itaú Cultual, para integrar o evento Cotidiano/Arte: Consumo. Mais do que uma releitura, Claudia de Souza utilizou-se deste trabalho como maneira de buscar uma inspiração poética no universo criado através da correlação entre o desejo e o ato de consumir, tendo o corpo como um instrumento de desejo, manifestando-se como objeto e como criador de impulsos e sensações.

Direção Geral: Claudia de Souza

Assistente de Direção: Cristiana de Souza e Rodrigo Rivera

Elenco: Claudia de Souza, Cristiana de Souza, Janaína Castro, Yeda Peres, Felipe Lwe,

Rodrigo Rivera, Valffred Souza e Tutu Morasi

Bailarino Pré-profissional : Carolina Tomaz e Lucas Oliva

Bailarino Aprendiz: Rozmari Araruna e Douglas Salgado

Iluminador: Flávio M. Silva

Coordenação de Produção: Cristiane Klein (Dionísio Produção)

Apoio: Cooperativa Paulista de Teatro

Duração: 55 minutos

Classificação Indicativa: 16 anos

 

DIA 14, ÀS 18h – SOBRADO AYMORÉS

A Flor da Lua / dança de Marcus Moreno (São Paulo)

A peça foi criada EM capítulos breves. Tal como a flor da lua nasce e perdura por uma única noite, a dança se expande a caminho do encerro.

#1 - Prólogo. Do desejo de seguir dançando. Daquilo que antecede o desejo. Pólen. 

#2 - Universo em expansão. Semente.

#3 - Sobre um modo de acolher. Preparo constante. Instante. Folhagem.

#4 – Para insistir em brotar.

#5 – Orla escura de uma floresta ao meu redor.

#6 - Espera. Calma. Canção.

#7 - A Flor da Lua. Um instante-já.

#8 – Mirrar. Esgotar. Desvanecer.

#9 – Amanhecer.

Concepção e Dança: Marcus Moreno

Colaboração Artística: Key Sawao

Colaboração Sonora: Manuel Pessôa de Lima

Luz: Calu Zabel

Espaço Cênico: Marcus Moreno

Fotos: Danilo Patzdorf

Produção: Cristiane Klein | Dionísio Produções

Duração: 30 minutos

Classificação: livre

 
 
Clique para voltar
 
    ABRIL | 2017    
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 1 2 3 4 5 6
 
14/05 Sáb

15h, no Sesi Tiradentes - Centro Cultural Yves Alves
 
PROGRAMAÇÃO
 
Download!
 
Download PDF
 
 
MÍDIAS SOCIAIS
 
Siga-nos no instagram
Siga-nos no flickr
Siga-nos no youtube
Siga-nos no Facebook
Siga-nos no Twitter
Faça parte da nossa mailing-list
 
 
 
IV Mostra de Teatro de Tiradentes © 2013-2017 todos os direitos reservados
Notícias Fotos Releases Clipping Credenciamento
Galeria de fotos Flickr Instagram
Sobre a mostra Créditos 1ª Edição 2ª Edição 3ª Edição
Sobre Tiradentes Parceiros
Adulto Infantil Oficinas Outros