NOTÍCIAS
 
 
11/05 Sexta-Feira Evento anterior: ! Evento anterior: !
 
 
A noite de quinta no Tiradentes em Cena confirmou o que já sabíamos: o show deve continuar!
 
 

É de praxe os europeus, no caso específico, os portugueses se aventurarem na descoberta de novos mundos. Foi assim há mais de 500 anos. Só que, agora, eles querem ir além: buscam paraísos ainda mais longínquos. Esse é o caso do desbravador ator lusitano Filipe Moreira, que encarna o Astronauta Português, na peça Antlia, apresentada na noite de ontem, quinta-feira (10), quando o Sobrado Cultural Aimorés se transformou em um outro planeta, distante das mazelas da Terra.

Filipe recorre a diversas linguagens artísticas – música, dança, acrobacias, teatro e marionetes – para contar a história deste astronauta em busca de uma nova vida, de novas possibilidades. “Sensacional! O Filipe cuida de tudo sozinho. Muda as cores durante a cena sem ninguém perceber. Prendeu a atenção de todos com sua performance durante 40 minutos”, disse o fotógrafo André Frade Andrade.

Antes do Astronauta Português pousar na Rua Direita, quem desembarcou por essas paragens foi Fred Mercury, saudoso vocalista da lendária banda Queen. Não, não foi uma sessão de teatro espírita. Foi apenas um belo de um tributo a um dos maiores artistas que esse planeta teve a honra de receber. Recorrendo a vídeos, entrevistas e toda a sorte de gravações, misturando teatro documental, performance e música, o ator Fábio Schmidt, amparado pela dramaturgia e encenação de Juarez Guimarães Dias, fez um convite para a plateia conhecer, a fundo, a vida do astro do rock, no espetáculo “Freddie Rock Star – The Show Must Go On”. Apesar de diversas pessoas terem achado a peça um pouco longa, a diversão foi garantida durante as quase duas horas de apresentação. Para o guia de ecoturismo Vinícius Armoa, que assistiu aos dois espetáculos, a preferência foi pelo Astronauta Português, como ele explica: “O teatro é ao vivo, é cheio de riscos. E isso faz parte do espetáculo. Gostei do Freddie, mas acho que o ator precisa se estabelecer mais e melhorar a sua presença de palco. Quanto ao Astronauta, curti bastante, por conta da questão existencial da solidão no espaço. Me fez refletir muito sobre o vazio e os primórdios da existência com uma linguagem corporal bem interessante e vozes e efeitos que pareciam vir além do espaço”. Já para o italiano Stefano Piletti, o ponto alto de Freddie Rock Star foi a interação com o público: "Gostei do roteiro da peça, mas acho que o ator precisa de mais presença de palco. Achei muito legal quando a plateia o entrevistou. Saiu muito bem nas respostas". 

O Tiradentes em Cena ainda guarda muitas surpresas para os amantes das artes cênicas. Confira a nossa programação e fique ligado, porque restam apenas dois dias de Festival. 

 

 
 
Clique para voltar
 
    DEZEMBRO | 2018    
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
25 26 27 28 29 30 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31 1 2 3 4 5
 
12/05 Sáb

15h30
 
PROGRAMAÇÃO
 
Download!
 
Download PDF
 
 
MÍDIAS SOCIAIS
 
Siga-nos no instagram
Siga-nos no flickr
Siga-nos no youtube
Siga-nos no Facebook
Siga-nos no Twitter
Faça parte da nossa mailing-list
 
 
 
VI Mostra de Teatro de Tiradentes © 2013-2018 todos os direitos reservados
Notícias Fotos Releases Clipping Credenciamento
Galeria de fotos Flickr Instagram
Sobre a mostra Créditos 1ª Edição 2ª Edição 3ª Edição 4ª Edição 5ª Edição
Sobre Tiradentes Parceiros
Adulto Exposição Infantil Intervenções Oficinas Outros Roda de conversa